Parceira de sucesso: Samuel Cirnansck e Daniela Motti

Nunca escondi de ninguém que entre todos os desfiles da SPFW, meu estilista preferido sempre foi o Samuel Cirnansck. Às vezes, ficava até meio ansiosa esperando pelo seu desfile. As clutches são maravilhosas com acabamentos e detalhes impecáveis. O que eu não sabia é que a responsável pelas peças é Daniela Motti.

Nascida em Jaú, começou em 2009, criando uma bolsa para ela e outra para sua irmã. Suas amigas adoraram e pronto: sucesso garantido. As encomendas começaram e a procura foi tanta que, em 2012, a designer abriu uma loja em São José dos Campos, interior de São Paulo.

Daniela já está em sua segunda parceira com Samuel Cirnansck. No desfile primavera-verão 2012/13 do estilista, as clutches feitas em tecidos nobres como tules de seda e tafetá bordadas com madrepérola, pérola e abalone eram criações de Daniela Motti. E repetiram a parceria na coleção outono-inverno 2013, com materiais diversos como: cetim pesado, renda chantilly, linho acetinado, bordados com paetês, miçangas e strass.

Um nome para se guardar, certo?

SPFW Verão 2013 – Sexto e último dia

Ao longo de seis dias e 34 desfiles, ficamos por dentro das principais direções da moda para o próximo verão. Couro metalizado, clutches, maxi clutches, maxi pulseiras foram alguns dos destaques da temporada brasileira de Verão 2012/2013, que terminou neste sábado.

A grife Cavalera foi a responsável por abrir o ultimo dia da SPFW Verão 2013. Com um desfile a céu aberto, em um ferro-velho, a marca trouxe a pegada rock de sempre e uma declaração de amor à vida nas cidades.

Inspirada no livro “Volta ao mundo em 80 dias”, de Julio Verne, Helô Rocha trouxe uma coleção jovial, estruturada e descontraída. As bolsas vieram estilo ‘messenger bag’ coloridas e práticas para os viajantes e exploradores.

E para fechar com chave de ouro, Samuel Cirnansck trouxe uma coleção surpreendente, ambientado em um cenário bucólico e que tem 90% do trabalho feito à mão. A cartela de cores não foi além do nude, pérola, preto e abalone (uma das camadas da madrepérola). As clutches, bordadas por pérolas de água doce e madrepérolas, são lindas demais e garantem looks femininos e especiais.

Até a próxima temporada, se Deus quiser!

SPFW Verão 2013 – Quinto dia

Para o verão 2013, Reinaldo Lourenço se inspirou no verão em alto-mar e, por isso, levou para a passarela o estilo navy. As clutches apresentadas remetem aos barcos esportivos e a água do mar.

Inspirado pelo ataque de Pearl Harbor, Alexandre Herchcovitch apresentou sua coleção masculina em uma sala tomada por jornais datados de 1941. A cartela de cores variou entre verde, azul, coral, vinho, branco e amarelo. As bolsas masculinas vieram em tamanhos grandes e em tons escuros.

O estilista baiano Vitorino Campos estreou no SPFW Verão 2013 nesta sexta-feira. Os looks com inspiração nos anos 50 seguiu uma linha mais escura, sóbria e até um pouco sombria. As bolsas são elegantes, chiques e finas. Uma maneira simples para a mulher se vestir bem. Gostei.

SPFW Verão 2013 – Quarto Dia

Inspirada por um dia de verão, a Osklen mostrou sua coleção com imagens de praias. As bolsas vieram em tamanhos grandes e pequenos, com detalhes metálicos (alguém ainda tem dúvida do couro metalizado pra estação?), dourados e paisagens. Tudo que o verão pede!

Trouxe a década de 1970 para a passarela. Bolsas em tamanhos grandes nas cores: azul, bege, laranja e claro, metalizados. O brilho esteve presente do inicio ao fim.

SPFW Verão 2013 – Terceiro dia

A Água de Coco abriu o terceiro dia da temporada de verão 2013 com uma coleção inspirada pela Turquia. O destaque dos acessórios é a delicadeza do trabalho feito à mão, com bolsas de crochê, que lembram as famosas bolsas de palha que encontramos nas praias.

SPFW Verão 2013 – Segundo dia

O fundo do mar parece estar em alta. Só nesse segundo dia de SPFW, duas grifes tiveram o oceano como inspiração. A primeira foi a Ellus e a segunda, a Iódice. Vamos conferir?

Com uma cartela de cores que basicamente não saiu do azul marinho, preto, cinza, grafite e branco, a Ellus trouxe as profundezas do oceano para a passarela. Os acessórios, na minha opinião, foram os grandes protagonistas do desfile. Maxi clutches inspiradas nos equipamentos de mergulho, mas seguindo a linha luxuosa e pratica da grife. Gostei!

As estampas remetem as idas e vinda da água, com pedaços de mar revolto e a pureza da água cristalina. O couro marcou presença com ilhoses prateados.

SPFW Verão 2013 – Primeiro dia

Começou ontem o maior e mais importante evento de moda da América Latina, a SPFW Verão 2013, no prédio da Bienal, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. O evento reúne 32 desfiles que apresentam coleções de verão para 2013. O blog vai acompanhar todos os desfiles e claro, compartilhar as tendências com vocês. Pra começar, vamos olhar as bolsas do primeiro dia?

Alexandre Herchcovitch foi inspirado por Boy George, cantor britânico e um dos meus excêntricos dos anos 80. Proporções, ombreiras, peças acetinadas e tomadas por xadrez, de todos os tamanhos e em variadas cores. Referências dessa mesma década são evidentes na coleção do estilista.  Corações, alfinetes e “smiles” aplicados nas carteiras deram um ar divertido e chique.  Já posso querer uma ou duas?

A estilista Karen Fuke levou para a passarela uma linha inspirada na arquitetura japonesa. Bolsas estilo sacola de couro metalizado prata, roxo, vermelho e grafite.

SPFW: Quinto dia

Fause Haten: Performático e pêlos de cabra.

Se quiser saber mais dos bastidores e ver, em detalhes, algumas bolsas da coleção FH, por Fause Haten, o site do GNT mostra.

E ah, o Terra fez uma pequena seleção de algumas bolsas que cruzaram as passarelas da SPFW. Achei legalzinho, mas nada além do que já mostramos no blog.  Se quiser conferir, aqui.